MIH | UNILAB
Portal do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades

Nota de solidariedade

Data de publicação  14/09/2020, 12:13
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O Colegiado do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades (Unilab/CE) se solidariza com os/as professores/as que estão sofrendo perseguição política por parte da Instituição. Os processos administrativos disciplinares (PADs), com inquérito instaurado também junto à Polícia Federal, foram instaurados sob a gestão pró-tempore anterior, por ocasião de manifestações do movimento estudantil ocorridas em julho de 2019, manifestações legítimas contra o cancelamento do edital no 29/2019, que tornava público o processo seletivo específico para candidatas/os transgêneras/os e intersexuais nos cursos de graduação ofertados pelos Campi do Ceará e da Bahia (semestre 2019.2). Considerando a autonomia
universitária, naquela ocasião, a Defensoria Pública da União (DPU) emitiu uma recomendação jurídica para o restabelecimento do edital. As manifestações da comunidade acadêmica são um instrumento político legítimo de luta contra a retirada de direitos conquistados e os ataques à autonomia universitária. Mesmo com a mudança de gestão pró-tempore na Unilab, a Corregedoria da Universidade continua atuando com a finalidade
de cercear e punir, por questões flagrantemente políticas, os/as professores/as processados/as. Defender os/as professores/as criminalizados/as é defender o direito de lutar por nossas reivindicações e por uma universidade pública de qualidade, plural, inclusiva, diversa e
democrática. Defender os/as professores/as criminalizados/as é também se posicionar contra perseguições políticas futuras e garantir os direitos constitucionais de livre manifestação do pensamento e de plena liberdade de associação para fins lícitos.
Subscreve,

O colegiado do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades

Categorias